terça-feira, 1 de maio de 2012

Ser-se Despistado(a) ...

 
Ser despistada, eis um tema que me faz sentir em casa.
Costumo dizer que sou distraída, prefiro este termo.
Afinal a distração tem sentido diferente de despiste, embora possam apontar para o mesmo lado.
É verdade que as minhas distrações já me conduziram ao despiste e a 'acidentes' graves, contudo quero falar do saudável 'cabeça no ar'.
Vaguear pela Vida, pensar que tudo controlamos, horários definidos, afazeres programados, e depois nem  repararamos num sinal obrigatório, numa pessoa conhecida que nos interpela, num qualquer ente mesmo debaixo do nosso nariz.
Vou ser sincera, as minhas ausências de solo debaixo dos pés já me custaram muito caro ( e não falo em euros, não!). Contudo, este deixar a vida fluir, olhar sem observar, ouvir sem tomar atenção pode ser muito libertador.
Sem intenção, o nosso 'eu, o interior, fica com mais espaço.
Ao nos alhearmos do concreto, por meio da distração (ou despiste), a nossa imaginação pode abrir as asas sem constragimentos, os nossos sonhos podem continuar com os seus enredos.
Nós podemos tropeçar, até cair, na realidade, por falta de atenção, porém a nossa essência, liberta , torna-nos mais autênticos, mais felizes mesmo que esfolados ou arranhados.
Sou distraída, sim senhora, D. Margarida Alegria, e com muito prazer!
Obrigadinha pelo 'castigo'. Podes castigar-me quando te aprouver, cá estarei para o cumprir!

                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                          
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                         


18 comentários:

Katty disse...

Revejo-me no texto pois também sou uma cabeça no ar e muitas vezes fico no mundo da lua =)

D.N. disse...

Eu também sou muito distraída, e ultimamente aliada a distracção tenho o cansaço o que faz com que me esqueça de coisas tão simples como travar o carro :/
Bom feriado, beijinhos

Carolina disse...

Também sou super despistada mas ultimamente acho que tenho controlado melhor essa minha característica :)

mfc disse...

Então já que estamos em maré de confissões... eu também sou um despistado!
Quando estou concentrado em alguma coisa, tudo o resto me passa ao lado, o que por vezes cria situações embaraçosas!
Mas sou assim... que se lhe há-de fazer?!
Beijinhos,

Pretty in Pink disse...

Junta-te ao clube das distraídas Pérola :)
Infelizmente, apesar de um namoro sólido e duradouro, o casamento não está à vista...Pode ser que depois do meu post, o respectivo se decida ;)

Tens um miminho para ti no meu blog :)

Beijinho*

addiragram disse...

Obrigada pela visita e pela descoberta deste novo blog.
Despistamo-nos quando nos concentramos...

addiragram disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
addiragram disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
100 Pretensões disse...

Ora somos duas, podia ter escrito este texto :)Distracção em pessoa, sou eu! haha
**

BB disse...

eu também sou bastante distraída :)

The Princess Without Heart disse...

Acreditas na felicidade?
Passas-te pelo mesmo?

Mona Lisa disse...

Hummmm...sou distraída/sonhadora/despistada, quando estou no meu mundo...

As minhas irmãs dizem sempre que olho e não vejo...não ligo!...Estou no meu mundo (que adoro!)

Beijos.

Multiolhares disse...

também sou assim, tento viver no meu mundo não absorvendo o que vem de fora, mas... por vezes gera confusão
bjs

Margarida Alegria disse...

Muito bem, Pérola!
Tema "superado"! Descreveste na maravilha o que é ser-se "cabeça no ar".
O resto dos elogios deixei-os no eu blog, quando lá postaste o rascunho. (e onde conto o meu último enormr despiste, onde pus toda a gente num café a rir com a minha gaffe...
Como disse, para certas coisas sou muuuuito despistada,se calhar para poder ser atenta a uma série de outras coisas.
Parabéns!
Beijinho

eutambemtenhoumblog disse...

Também sou um pouco cabeça no ar...
Já estou farta de dizer às pessoas que me conhecem: se não te falar na rua, é porque não te vi... Vem tu ter comigo lol =P

Miss Desastre disse...

Eu sou despistada no que existe de pior, que é reconhecer as caras das pessoas!!
Já passei umas boas vergonhas por causa disso!

Olha deixei-te um selo no cantinho! Vi agora que já o tens, mas está lá para ti na mesma :)

Beijinhos Querida Pérola :*

aflores disse...

Eu pecador me confesso: SIM, sou distraido...ás vezes e porque me interessa ;):)))

Tudo de bom!

:)

Blackye disse...

Eu tenho uma amiga tão despistada... eheheh mas às vezes isso não é lá muito bom para ela.