sexta-feira, 18 de maio de 2012

Loucura

Loucura!
Audaz no viver contra os preceitos predefinidos!
Sentir-se e ter a coragem de se  ser fiel!
Reconhecer a insânia vigente!
Alienação consciente com propósitos de sã existência!
Imprudências várias que desafiam a sanidade!
Extravagâncias urgentes na construção e conservação do nosso eu!
Descontrolos incontroláveis que avassalam as  estruturas!
Imprudências obrigatórias na defesa da pessoa!
Social insensatez vestindo roupagens de coerência!
Doidices sorridentes que aligeiram a carga!
Comportamentos irrefletidos para servirem no molde das expectativas alheias!
Pura, verdadeira essência  a descoberto!
Loucura!
Haverá maneira mais salutar de se viver?

7 comentários:

✿ chica disse...

Vam,os viver e festejar a loucura que é viver!!! um lindo fds, cheio de coisas boas,beijos,chica

Vera, a Loira disse...

E como definir a loucura? Se o que para uns é a maior loucura possível para outros não passa de um comportamento normal e rotineiro.

Lilá(s) disse...

Todos temos um pouco de loucura não é? e por vezes até que dá muito jeito...
Bjs

Raul Campani disse...

Lindo blog! Eu não sou muito de entrar em blogs que toquem música logo que se entra, mas este som das ondas é muito tranquilizante. E estas suas palavras são animadoras. Loucura, quantas vezes dá vontade de fazer loucuras, tomar atitudes sem pensar muito, mas nem sempre se consegue isso, a vida é muito cheia de regras, mas podemos tentar...
Bjs...

Margarida Alegria disse...

Querida Pérola:
Acabei de ler e de responder ao que lá escreveste e relataste!
Mas que sufoco, cara amiga! Nem posso imaginar, apesar da descrição precisa!
Quanto às encomendas, vou começar a "aviá-las " hoje, segundo um método para aliviar o processo de escrita que tem estado amarrado pela tecnologia!
Até logo

Margarida Alegria disse...

ah
Quanto ao tema:
Esse tipo de loucura que descreves, sim!
É a "boa" loucura!
Já da Outra ou outras loucuras, é bom manter certa distância, Livra!
E não é qualquer preconceito, pois aqueles que normalmente são apelidados de loucos pelo mundo são das melhors pessoas que há, O pior são as excepções: os loucos e maus, que o há.EXISTEM! :((
E nunca pensei ter de cair em maniqueísmos destes!
E como o texto está sábio e profundo! Dá como ponto de partida e chegada para muitas reflexões!
Gostei meso muito! Continua a escrever assim!
Bjo (agora vou ler o teu folhetim)

Farruskinha disse...

Acho que a loucura faz parte de cada um de nós :)