quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Pessoas em Saldo



Quem não goste de saldos (promoções, reduções, descontos incluídos) que o diga nos comentários.
Até prova em contrário, vou considerar que a maioria os aprova, os espera e até se perde por eles.

Eu confesso fazer parte da grande parte que gosta de poupar uns euros e, quase sempre, acaba gastando mais porque está barato, a valer bem a pena.
Já devia ter mais juízo, mas gosto de compras, que hei de fazer?
Desconheço se é por ser mulher.
(Pronto, já confidenciei este meu pecado agora restringido pelas contigências do saldo bancário.)



É incontornável o aspecto material nas nossas vidas.

Quase tudo vem com etiqueta agarrada e alarme incorporado.



Esta mania de saldar existe porque há preço a pagar. 
Nunca ouvi falar de saldos na gratuituidade, na doação ou generosidade.

Porém, há saldos com preços muito elevados.
E estes afligem-me!

As pessoas empregados há algum tempo talvez não tenham reparado: Nos dias que correm, as pessoas, o seu esforço, o seu tempo, a sua dedicação, enfim o seu trabalho está em saldo.

Não é demagogia ou politica.
Pura realidade!

Custa-me saber do valor humano diminuido. 
Eu estou em saldo e não gosto.
(Esta é uma conta a saldar.)

Resta-me saber se ainda estarei por cá quando a época dos saldos dos salários acabarem.





35 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Olá Pérola

Sou sincera, só vou ao saldo se precisar mesmo de algo, então aproveito, pelo contrário não vou comprar so pq está em saldo.. Acho tudo um marketering

Beijinhos
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

AvoGI disse...

Eu nao frequento saldos, detesto roupa amontoada sem cuidado
Kis :=)

Francisco disse...

Não ligo muito aos saldos, porque os preços aumentam mais :)

Basta estar atento aos preços praticados anteriormente

Beijinhos

Laura Santos disse...

Todos nós estamos a preço de saldo, Pérola. E a verdade é que mesmo a preço de saldo ninguém nos quer "comprar".
É triste , mas é verdade.
xx

Edumanes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Edumanes disse...

Mais pura é a farinha!
da Europa é mais bela
atã nã tá engraçadinha
Vejam, só a careta dela.


Quanto a saldos,
gosto, mas não vou a correr
para poupar uns patacos
enquanto euros houver!

Claro que aprovo, faz sentido,
já sei que gostas de poupar
dizes que já deveria ter juízo
está certo, se gastas de comprar
ninguém tem nada haver com isso!

Um beijinho, boa noite e bons sonhos.

Eduardo.

Nana disse...

O dinheiro é um ótimo servo, mas um péssimo senhor. Que Deus nos dê sabedoria para sabermos administrar os bens materiais que Ele nos concede a cada dia.
Bj e fk c Deus.
Nana
http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com.br

Edite disse...

Saldo, tem os que gostam, tem quem não gosta. Tem gente que exagera e compra até o que não vai usar nunca... Eu só compro se precisar. E depois tem saldo que não tem nada de saldo rsss enganação pura Bjs.

ReltiH disse...

UNA CRÍTICA MUY SENSATA Y CERTERA.
UN ABRAZO

Pretty in Pink disse...

Não diria melhor! Realmente o nosso esforço e suor está em saldo, mas daqueles saldos mesmo grandes! Acho que é dos unicos tipos de saldo que não gosto =P

Beijinho*

Pedro Coimbra disse...

Confesso o meu pecado - só faço compras em saldos.
BFDS

Sónia TM disse...

Agora é que disseste uma bela verdade essa dos salários



Sónia
www.tarasemanias.pt

Marta Vinhais disse...

Está tudo em saldo...O pior é que nós também...
Obrigada pela visita e em resposta à tua pergunta, é fantasia do "eu" poético...
Beijos e abraços
Marta

© Piedade Araújo Sol disse...

eu gosto de alguns saldos, não todos como é óbvio.

os saldos dos salários e das pensões a que chamam cortes é triste muito triste.

há licenciados com salários abaixo de saldos e há trabalhadores que com o salário mínimo tem de se governar.

uma realidade triste e crua.

bom final de semana.

:)

Dentro da Bolha disse...

e a gente meio que vai se vendendo e comprando... e o capitalismo a progredir. é ruim? quero nem refletir!

dentrodabolh.blogspot.com

Hellz. disse...

Verdade!
um bom jogo de palavras com o tema

beijo

Crocheteando...momentos! disse...

Uma postagem bem pertinente e nada ...em saldo!
Não gosto de saldos!
Sou a favor de que se devia vender mais "barato" o ano todo...pois a crise não ajuda e...nada!!!
Bj amigo

Bell disse...

oi Pérola

é a triste realidade que engana as pessoas...

bjokas =)

emanuel moura disse...

Promoções ,descontos ,saldos etc etc são politicas de puro consumismo que o abastado adotou para sugar o pouco que o pobre ainda tem, comprar quando se tem necessidade ,num pais onde a miserabilidade reina salva-se quem ajuda o próximo ,muitos beijinhos

Cátia Alves disse...

eu nunca vou aos saldos mas tambem aqui nao ha lojas nenhumas :S
bom fim de semana :)
beijinhos

Juliana Rosa disse...

O seu pecado não é apenas seu pois eu também adoro uma promoção, um desconto e um super saldão. Comprar me deixa super feliz e confesso que as vezes também exagero. KKKKKKKK bJOSCAS.

Juliana Rosa disse...

Obrigada pela visita. Foi um susto, mas graças a Deus estou me recuperando bem melhor em casa. Bjos e tenha um lindo fim de semana.

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, infelizmente existe quem pense que tudo se compra, incluído pessoas, assim como, existe pessoas sem dignidade, submissas que estão em saldo permanentemente para serem compradas, neste mundo especulativo com políticos ao serviços dos grupos económicos sem escrúpulos, estes, tudo fazem para para que o povo sofra na pele dificuldades impostas, através dos (des)governantes, para que sejamos marionetas ao seu dispor.
Quem gosta de si próprio, nunca se vende.
AG

http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

lis disse...

Triste mesmo estar a 'preço de saldos',precisamos nos valorizar urgente. rs
Não sou muito amiga de saldos _ não confio,infelizmente.
Geralmente os saldos são coisinhas ou roupinhas que ficaram encalhadas ou estavam acima do preço ...
Claro que há exceções_ difícil é discernir.
um abraço Pérola

Marina Fligueira disse...

¡Hola, Perola!!!

Bravo por tu critica. Se la merece la Ángela Merker y sus ecuaces.

Para eso aquí estamos las mujeres de a pie, que nos Valoramos mucho nosotras mismas eh! Somos legales y fieles, ¡Nunca -nunca! Estamos de saldo. Como insinúan algunos hombres. Si se pueden llamar hombres...

Ha sido un inmenso placer.
Te dejo mi gratitud y mi estima.
Un beso y se muy muy feliz.

aflores disse...

Adoro (adorava) ir ás compras e comprar (comprava)o que gosto. Mas esse meu agradável gosto/prazer está agora, e por razões mundialmente conhecidas, mais sossegado para não dizer parado.
Nunca dei importância aos saldos nem esperava por eles para aquirir o que precisava.
No entanto, hoje estou mais atento a uma ou outra promoção.

Eu, não estou em saldo ou promoções. Mas há quem esteja... bastará dar uma olhadela a determinados concursos públicos para determinadas funções, e reparar os ordenados pagos.

Enfim.

Tudo de bom com muitos sorrisos, sem saldos, 100% naturais!



Vanuza Pantaleão disse...

Você é uma mulher inteligente...
Bom fim de semana, amiga!
Bjsss

Cláudia disse...

Eu gosto de saldos mas é rara a vez que encontro algo =S

Em relação aos restantes saldos... Nem merecem comentários, ainda desatamos todos aqui a chorar lol =P

Beijocas

Labirinto de Emoções disse...

Olá Perola
Este post fez-me sorrir..:-)) creio que nunca fui aos saldos, destes bichas, barafundas e a disputa de peças quando 2 pessoas se agarram à mesma...tenho amigas que nunca falham nestas épocas e que contam histórias mirambolantes.
Eu... espero nunca precisar de estar em saldo, prezo muito o mru EU e não me vendo a troco de nada..:-))) a não ser que o malvado do "alemão" me ataque...
Beijinho
Teresa

Criando Artes Carla disse...

Oi querida, tem saldos que é grande mentira.
Um dia fui a uma loja para comprar um lindo par de sapatos, achei caro.
Quando a loja entrou em liqui fui lá correndo e adivinha...lá estava o mesmo sapato com o mesmo preço na etiqueta.
Me senti enganada amiga.
Detesto liqui, eles nós enganam.
Beijos e bom fds

Guaraciaba Perides disse...

Oi, Pérola, uma postagem de duplo sentido. Estranhei o título "Pessoas
em saldos"...depois começou de mansinho
justificando sua experiência pessoal com a necessidade consumista que nos pega sempre e de certa forma alivia
a construção psicológica do capitalismo em nós. De fato é bom comprar mais barato e nos dá alguma ilusão de poder. Entretanto quando aprofundada a idéia e generalizada para o jogo de poder e a relação entre nações e países fica patente
a crueldade embutida na idéia dos saldos e na achincalhação da proposta...e se concluí que o barato saí caro!
Bem interessante o seu discurso
Não podemos nos deixar iludir pelos saldos pois não não são honestos.
Um abraço

Vera Lúcia disse...


Olá Pérola,

Extrai-se de seu texto uma forte crítica. Triste quando não se dá o devido valor ao ser humano e às suas necessidades. Ninguém merece 'estar a preço de saldos'.
Quanto aos saldos propriamente ditos, não acredito neles, pois não há qualidade no que se vende à preço de banana. Melhor comprar quando há necessidade e não sob o impulso de promoções e liquidações.

Beijo.

aluap Al disse...

Do que a Pérola se foi lembrar! Adoro ir aos saldos e sempre faço boas compras. Acho eu!
De resto, infelizmente todos estamos em saldo e a verdade é que cada vez mais há mão-de-obra barata. É verdade, não só estão os empregados, como também os desempregados!
Bom fim de semana.

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Pérola!

Também a lei da oferta e da procura se aplica ao "mercado das pessoas". E com o número dos que procuram emprego a aumentar, cada vez mais estamos a preço de saldo...

Beijinhos e bom fim de semana.
Vitor

Elisabete disse...

Excelente texto! Concordo!
Com que então, está com vontade de começar uma pequena coleção de dedais! E porque não? Há de os encontrar nas lojas de artesanato, de lembranças e assim traz uma recordação dos sítios por onde passa.
Bjs