sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Nostalgia




Há uma ternura esvaindo-se no tempo,
saudades de amor sem explicação,
memórias no calendário sumidas.

Há um encanto escurecendo-se no dia,
promessas desembrulhadas à pressa,
prazeres esquecidos na acomodação.



Há uma doçura desfazendo-se na boca,
travo amargo a fim,
no mundo de coisas a fazer.

Há uma nostalgia pairando no ar,
sentidos mirrados na indiferença,
uma vontade de voltar atrás.





39 comentários:

ReltiH disse...

UFFFFFF, QUEDÉ DESOLADO...!
BESOS

✿ chica disse...

A nostalgia por vezes chega! Lindo,Pérola. Acabei de levar teu link pro Instantes! bjs, chica

Cidália Ferreira disse...

Maravilhoso!!


Bom fim de semana, beijinhos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Marcos Satoru Kawanami disse...

"E era tudo muito bom."

Mona Lisa disse...

A vida é feita de saudades dos momentos que nos marcaram pela positiva.

Nostálgico e terno poema.

Beijinhos.

Anne Lieri disse...

Muito linda poesia,Pérola! Uma bela nostalgia! bjs,

Cláudia disse...

Só queria voltar para trás, para voltar a ter pessoas comigo que já não estão... de resto, para a frente é que é o caminho

Beijocas

MARILENE disse...

Esse é um sentimento que está aumentando em muitos corações. Percebemos que a indiferença tem aumentado no mundo moderno, levando-nos a sentir saudades de algo nem sempre definido, mas que nos deixa nostálgicos. Bjs.

Olinda Melo disse...


Poema nostálgico, de uma nostalgia doce de algo que se vai perdendo e que somos incapazes de recuperar...

Excelente momento de poesia, Pérola!

Bj

Olinda

José Carlos Sant Anna disse...

É assim mesmo. A nostalgia já chega com um ar cansado, com olheiras, lábios secos. E se chega assim é porque o caminho foi longo. Vamos acolhê-la, dar-lhe um pão, mas não vamos dar-lhe morada, pode não nos fazer bem. Vamos ensinar-lhe a descobrir novos horizontes... e deixá-la seguir em frente...
Beijos, Pérola!

Isy disse...

É incrivel a maneira como unbiste os sentimentos, porque a verdade é que passamos por eles tantas vezes e muitas vezes por essa mesma ordem...

Adorei

Bjxxx

Elvira Carvalho disse...

Anda uma nostalgia no ar. Memórias de outros tempos, outros sabores quem sabe até outros amores. Pequenos nadas que marcam a nossa vida e lhe dão sabor. Gostei do poema.
Um abraço e bom fim de semana

Maria Adeladia disse...

Muito bom,Pérola! A vida é tudo isso.Bjs.

Flávia disse...

E quem nunca ficou nostálgico e com vontade de voltar atrás? Belo poema!

thoughts-little-princess.blogspot.com

Ani Braga disse...

Oi Pérola querida


Lindo poema...

Beijos e um bom final de semana.

Ani

Laura Santos disse...

Há que aproveitar o instante, porque na verdade nunca se volta atrás.
A imagem é belíssima, Também.
xx

Gracita disse...

Viver intensamente o presente guardar as boas lembranças no baú de recordações mas sem saudosismo melancólico.
Beijos

Vanessa Palombo disse...

Saudades de um amor é sempre assim...

Abçs

adaobraga disse...

Ora! Ora! Pérola.
Ao nostalgiar, você já voltou no tempo!
E quando sonhas, você vais ao futuro!

piteis da dinha disse...

Oi Pérola, que post lindo...
Parabéns!
Bjsssss querida e um FDS muito maravilhoso e abençoado p/vcs

Dorli disse...

Oi Pérola.
Que tristeza é essa amiga...
Quero ler aqui sobre o amor.
Beijos
Lua Singular

Edumanes disse...

Contenta-te com as vontades!
nada mau enquanto assim for
não és só tu que tens saudades
perfumada continuas uma flor...

Bom fim de semana, um beijo.
Eduardo.

Crocheteando...momentos! disse...

Ser nostálgica com tanta doçura...tem bastante encanto!
Adorei...e bj

EU disse...

Quer queiramos ou não, há sempre momentos nostálgicos: cheiros, locais, palavras, pessoas, gargalhadas (...), são lembranças que surgem em catadupa...Afinal é a nossa história de vida!
Gostei imenso do poema, Pérola.
BJO :)

Agostinho disse...

Nostalgia é dor de alma.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Belo e um tanto nostálgico poema.

Beijos,

Furtado.

Guaraciaba Perides disse...

Revirando lembranças dentro de mim em saudades tão gostosas de sentir.
Um abraço

Amanda Mércuri disse...

;D

Adorei o poema. Às vezes também sinto vontade de voltar atrás!

Ótima sexta, Pérola!

Beijo! ^^

Patrícia disse...

Amiga, vc é uma artista das letras!!
Beijos no coração

Andreia Morais disse...

Há alturas na vida que nos deixam mesmo nostálgicos, instalando-se a vontade de vivermos tudo de novo.

r: Sim, aquele texto não é sobre mim, ainda que possa parecer. É meramente imaginado, mas talvez um dia o possa viver na integra. Ainda assim não deixa de ser sobre mim, uma vez que acho mesmo que a amizade é a base de tudo.
Muito obrigada pelas palavras!

Marta Vinhais disse...

Há dias em que nos sentimos perdidos, sem esperança de nos reencontrarmos...
Mas depois encontramos novas coisas para fazer...diferentes, mas que nos podem completar...
Até já
Beijos e abraços
Marta

Francisco disse...

Adorei

:D

Beijinhos

Arco-Íris de Frida disse...

Voltar um passo... avançar dois..

Beijos...

Steffany Lopes disse...

Que lindo!!

Beijos! | @steffanylopess
www.soentreamigas15.blogspot.com

Elyane Lacerdda disse...

Não podemos voltar atrás, mas podemos lembrar...podemos relembrar os bons momentos.
Lindo poema!
Deixar boas lembranças é um tesouro para a humanidade!
Bjus e bom final de semana!
Obrigada pela visita ao meu blog!
http://www.elianedelacerda.com

Andreia Morais disse...

Acho que aquele comentário não era para mim, minha querida

Andreia Morais disse...

Não tens que pedir desculpa, minha querida, não há qualquer problema. A sério que não! Só achei que devia avisar porque assim o comentário chegava ao destinatário certo :)
Espero mesmo que essa fase mais negativa passe rápido! Qualquer coisa que precises o meu blog e o e-mail do mesmo estão disponíveis

Um grande beijinho*

Armando Sena disse...

Uma ternura!
bj

Branca disse...

Belas palavras!
Vamos sonhar que o futuro está aí e o passado...passou (e não volta, infelizmente).
Abraços :))