quarta-feira, 25 de abril de 2012

Palhaços

Quero falar de algo engraçado, cómico, que conduza ao sorriso. Alguém me lembrou dos palhaços. Nunca me passaria pela  cabeça associar o riso ao palhaço.
E, porquê? -Perguntam Vocês ? 
- 'Porque os palhaços nunca me deram muita vontade de rir'- respondo eu.
É verdade! Alguns ainda me conseguem arrancar uns projetos de sorrisos,  mas não passa daí.
Talvez pelos exageros, nas roupas, nos gestos,..., talvez porque é obrigação ( dever) rir quando nos confrontam com palhaçadas.
Prefiro o riso e até a gargalhada oriunda numa situação concreta, na conversa íntima duma anedota bem contada, na cena dum filme.
A piada inteligente, a ocasião, enfim, a espontaneidade tem, em mim,  efeitos  mais dignos de graça.
Costumo dizer que é muito, mas mesmo muito, mais fácil fazer chorar do que rir. Acredito piamente!
O choro pode-se transformar em riso e podemos chorar de tanto riso. É muito bom!
Como gosto de rir!
Últimamente, tenho-me sentido mais alegre e nem me preocupo com as rugas de expressão, a alegria é o melhor anti-rugas.
Para os amantes dos palhaços e suas brincadeiras desajeitadas, aqui fica a informação: dia 10 de dezembro celebrem o Dia.
E, como previa, não tenho graça nenhuma.

20 comentários:

C. disse...

eu não gosto nada de palhaços, fazem-me tanto lembrar os filmes de terror :x

D.N. disse...

Eu não gosto de palhaços, não consigo rir, sem saber o que está por trás da pintura...

Inês disse...

Tens tanta razão em tudo o que dizes *.*
Grande beijinho*

Carolina disse...

Odeio palhaços!

mfc disse...

Rirmos é uma atitude que nos faz bem... e que também é contagiante, pois faz igualmente bem a quem nos vê!
O riso tem que ser autêntico. Nunca forçado.
Só esse é que nos descomprime, pois é uma válvula de escape totalmente necessária.
Vamos rir, pois! Vamos fazer dos momentos da nossa vida motivos para podermos dar largas a esse sentimento de alegria tão lindo!
Beijinhos,

The Princess Without Heart disse...

Obrigada por me dizeres coisas tão acertadas.
Mas sabes eu penso mais nas coisas más que propriamente nas boas. Acho que todo o ser humano é assim.
Mas pronto eu sou assim á bastante tempo, e agora tomei a posição de ser seguida por um psicologo.. Ainda nao tem ajudado muito mas também e só a 2º consulta ainda.
Beijinhos*

tétisq disse...

Tem muita graça! Haja alguém que muda de assunto...e fala de outro dia qualquer...*

aNa disse...

Rir com palhanços ou sem eles, o que importa é rir e ser feliz! :)
Deixei-te um selinho :)Beijinho

A Minha Essência disse...

Independentemente do mote, o importante é rir!
Que seria da vida sem isso? ;)

Kiss

Carolina Cardoso Silveira disse...

confesso adoro palahaços, levam-me á infância, ao circo de natal, á inocência, aos sonhos!
e rio, rio muito com eles ou sem eles. adoro rir! e rio bem mais do que choro.
beijo

Pretty in Pink disse...

Há muita gente que tem medo de palhaços, eu nem por isso mas também não me provocam muitas risadas sinceramente... :)

Beijinho*

BB disse...

eu entro em pânico com palhaços, nunca me fizeram mal. mas tenho tanto tanto medo :|

Mona Lisa disse...

Não os associo ao riso.

Adoro rir... um "rir" espontâneo.

Associo-os ,sempre, a uma vida difícil, tanta vez tendo que conter as lágrimas para alegrar quem os vê.

Beijos.

Lilá(s) disse...

Curioso, que os palhaços também nunca me fizeram rir!
Bjs

aturas-me? disse...

O riso é (para além de sinónimo de alegria) uma terapia...
Dou um enorme valor aos palhaços, não só pela sua (didícil) profissão, como pela sua capacidade de a execerem, fazendo sorrir os outros, quando a sua vida é, como qualquer comum em tantos momentos, um enorme "sorriso" de complicações que mais convida a lágrimas de tristeza.

Enigmático Byjotan disse...

Profundamente belo. Um palhaço em risos, quase sempre, disfarça as lágrimas de uma vida vazia. Porém, mais vale um sorrir falso do que um chorar verdadeiro.Adorei o texto.Beijo carinhoso de leitor.:-BYJOTAN.

Ana Martins disse...

Pérola, boa noite!
Penso um bocado assim como tu e concordo plenamente com o que diz a Mona Lisa, aliás escrevi há muitos anos, muitos mesmo, era ainda uma adolescente, um poema dedicado aos Palhaços e à sua vida difícil. Mas acabei por rir, porque daqui até 10 de Dezembro, nunca mais me lembro do dia, a não ser que alguém o faça lembrar.

Beijinho,
Ana Martins

Nelson Silva disse...

Pérola,

Como sempre, obrigado pelas tuas doces e caridosas palavras..
Tens sido uma mais valia para mim, um enorme apoio.

Beijo,

Nelson Silva

eutambemtenhoumblog disse...

Por acaso odeio palhaços =S
Não consigo achar graça nenhuma.... =S
Não tenho medo é mesmo falta de interesse não sei...

Beijocas

paranoiasnfm disse...

Eu adoro palhaços! :)