segunda-feira, 18 de junho de 2012

Amantes do verão ( dia 18 )

Os amores de verão...
Por mais falado, romanceado, versejado, estudado, o amor é fonte inesgotável. 
Nascente eterna, incessante, da qual bebem apaixonados, amados, amantes ou tão somente curiosos.
No verão, com o calor envolvido e as poucas peças de vestuário envolvidas, é maior o chamamento, o convite ao amor.
Contudo, não posso deixar de lembrar que se encontra presente, até, na sociedade esquimó. As suas temperaturas, de várias dezenas, negativas nunca foram impedimento ao surgimento de esquimózinhos.
O namoro, os sentimentos de atração estão presentes no humano. 
A sobrevivência da espécie guia-nos e nós obedecemos-lhe, ainda que inconscientes.
Associamos, no geral, este conceito, de ligação afetiva a outrém, ao cariz sexual de uma relação.
O jogo dos afetos tem sempre uma casa de partida, mas chegada não agendada.
Desconhecemos se pelo meio vamos parar à prisão ou acabaremos expulsos pelas regras da própria 'brincadeira'.
Tudo pode acontecer!
Inclusivé o nosso próprio desgoverno, permitindo que os sentimentos, à flor da pele, nos dominem e fiquemos incapacitados de raciocínio lógico.
Amores? Necessários e recomendáveis em qualquer estação do ano!

14 comentários:

MC- Maria Capaz disse...

Bom dia.
Se eu pudesse comprar o amor já o tinha feito à muito .

Beijinho grande *

Opinante disse...

O amor é lindo, todos os dias, sempre!

Vic disse...

L'amour, toujours l'amour (acho que não há língua mais bela para falar de amor, que a francesa). Por mais que queiram os mais românticos, a parte física é sempre um componente muito importante, e não só por uma questão de preservação da espécie. Há a atracção, a líbido, tudo a funcionar. Claro que o amor está acima de tudo, Pérola. Quando se conjugam as duas vertentes, está pintado o quadro vertente. Se bem que um possa "viver" sem o outro :)

apenas umas letras disse...

olá. há muito que se fala nos amores de verão. Eu nunca tive namoradas no Verão. Engatar só para andar 15 dias ou um mês não é comigo. Uma relação tem de durar anos e anos, para mim. Mas o texto que escreveste é lindo. beijos e um abraço

Carolina disse...

Para dizer a verdade nunca tive um amor de Verão e, na minha cabeça, isso não faz grande sentido. O meu amor de Verão é o mesmo amor de Inverno e é assim que eu gosto :)

mfc disse...

O amor, felizmente, continua a ser a mola real da vida!
É tão agradável sermos comandados por ele!
E é um sentimento poderosíssimo.
Beijos,

aflores disse...

Faça sol ou faça chuva,
de manhã
à tarde
ou à noite,
no Inverno
ou Verão,
venha a estação do 'Amor', com mais ou menos roupa :)))))

Tudo de bom.
:)

AvoGI disse...

e o cartoon está tao engraçado!
só falta mesmo isso: comprar e vender amor
kis :=)

luisa disse...

Na verdade... é sempre tempo de amar... verão ou inverno :)

Mona Lisa disse...

Disseste tudo:

Amores? Necessários e recomendáveis em qualquer estação do ano!

Beijos.

Margarida Alegria disse...

Mas que produtividade andou por aqui.
Tens razão em tudo o que dizes. E concoerdo que os amores não devem ser só de Verão. Esses às vezes são só passageiros, passsatempos. E daí talvez não merecerem a designação de Amor.
Um beijo

Margarida Alegria disse...

A iagem não aparece.

Cristinix disse...

Mas que bem que escreves! Parabéns!

Paranoiasnfm disse...

Bonito texto...
E a imagem é engraçada. Eheh.

Beijos