segunda-feira, 23 de julho de 2012

Desinteressante...

Hoje apeteceu-me falar sobre utensílios de cozinha. Andei 'décadas' a ouvir elogios à famosa 'cloche'. Nunca tive, nunca houvera experimentado.
Até hoje!
Como o tema é por demais trivial e desinteressante resolvi adicionar-lhe uns músculos definidos:
Já com a vossa, total, atenção, posso então dizer o que me apraz sobre tão costumeiro 'forno' em casas alheias:
Dizer desiludida é pouco.
Já me tinham avisado que constava de duas beras resistências a aquecerem um recipiente de alúminio.
Sou fã de micro-ondas (já vou no terceiro, com grelhador) , e habitual usuária de forno por convexão (é assim que se chama?).
Depois disto que esperava eu?
Aguardava o frango assado no ponto, os bolos cozidos rápidamente que tanta gentinha me tinha enaltecido, exaltado, louvado e outros mimos que tais.
Pois bem, o frango ficou a dar para o cozido, tão somente.
E o bolo, estorricado no fundo, até pegou, mal cozido por cima.
Por favor, não me façam mais publidade à tal da 'cloche', fiquei-lhe com um ódio ( e olhem que sou pacífica e mais dada a amores) de estimação, sem precedentes.
Desculpem-me, mas tinha de partilhar estas banalidades convosco.
P.S. Pode ser que ande alguém por aí que me convença, mas  d-u-v-i-d-o...
Por outro lado fiquei mais reticente em relação às opiniões alheias, desconfiada e isso não é bom, não é não...

21 comentários:

Flor Guerreira disse...

Na minha adolescência chamavamos-lhe "patusca" e foi nela que fiz os meus primeiros bolos...Não tive razão de queixa...Mas hoje que tenho a minha casa e o meu querido forno, nunca me pau pela cabeça comprar uma...porque será?

aNaMartins disse...

eu não tenho disso cá em casa e por isso não experimentei, mas olha que nao tenho curiosidade. quanto à tua curiosidade matas-te as teimas :p e realmente ali o menino dos músculos diga-se que fica muito bem neste post.

Querida Pérola, já te respondi ao teu comentário e acerca da configuração dos blogues, eu acho que o teu está simples e giro mas eu percebo muito pouco disto. Relativamente ao meu, já segui o teu conselho :p está melhor tudo de uma cor. beijinho

Isaa ♥ disse...

gostei muito do teu blog =)
sigo ;)

AvoGI disse...

PErola linda
nao sei do que falas.
nao é a bimbi?
kis :=)

Fifi disse...

Olha eu não tenho que dizer dessa espécie de forno...eu gosto...

Quanto ao part-time sim é sempre uma ajuda ;) agora vamos ver é se dura, eu espero bem que sim...

Beijinhos *

Tétisq disse...

Eu tenho uma que uso pouco mas dá jeito, porque o forno do meu fogão está avariado e sempre que tenho que assar alguma coisa ou quero fazer um bolo uso a "patusca" ... nunca queimei nada mas exige uma vigilância constante. Gosto muito de usar para assar castanhas no Outono.*

Lilá(s) disse...

Em tempos gostei bastante, e até me deu jeito quando ainda tinha casa semi-montada...agora já não me parece que interesse.
Bjs

Multiolhares disse...

o comentário que fiz em baixo era para aqui desculpa
beijitos

luisa disse...

Nunca usei. Já a minha sogra tinha uma e lembro-me de comer um bacalhau que ela fazia nesse utensílio. Era bom. No entanto hoje o tempo é das bimby... só que ainda não me convenceram :)

C.S. disse...

Desconheço, por isso não posso dar a minha opinião.. quanto aos músculos, acho que conseguiste captar a atenção do público feminino! ;P eheheh abreijo

Inês Cruz disse...

Eu acho que até era capaz de sangrar dos pés só para mostrar os meus loubotins ♥
Obrigado pelo elogio!
Adorei o blog, sigo! Segue de volta please.
Xoxo Inês

Parole disse...

Não conheço a panela, Pérola, mas gostei dos músculos definidos... rs


Beijinhos.

Pretty in Pink disse...

Eu nem sabia o que era uma cloche acreditas? =P
Sou mais de microondas e forno tradicional...
Quanto à tua pergunta das saias de corte direito, não essas não uso que não tenho corpo para isso =P Tenho cintura fina e pouca barriga, mas pernocas gordinhas e coxas largas...As saias direitas infelizmente ficam-me mal por isso opto por saias de cintura subida e formato balão, disfarçam mais ;)

Beijinho*

Vic disse...

Essa manobra de diversáo teve piada, Perola. É bom ver que recuperaste algum do teu humor :)

Mar disse...

Olá minha linda, assim é difícil de me concentrar a ler o post, mas consegui lol lol.
Já tive uma cloche ou até a chamam de patusca, mas também não fiquei muito satisfeita pois durou-me pouco tempo, enferrujou.
Em seguida como o meu forno do fogão é enorme e só para dois, gasta muito, comprei um forninho pequeno da Ariete, e estou no muito satisfeita faço tudo lá, bolinhos, assados, etc..
Beijinhos

Mona Lisa disse...

Apenas a conhecia por patusca.

A minha mãe tem uma. Nunca tive nada disso. Sou "antiquada" a cozinhar...eheheheheh...

Beijos.

Nany disse...

Lembro-me da minha mãe lá fazer um frango divinal, de os bolos ficarem sempre altinhos e fofos.
Mas sinceramente não sei se era da cloche, que por cá chamávamos de patusca se eram dos cozinhados da mãe. Acho que mais dos 2ºs
Agora, um franguinho à maricas no microondas é num vapt vupt e fica sempre tão boooommmm
Bjs

isa disse...

por aqui chamamos-lhe patusca. a nossa já foi para o lixo de tão velhinha que era!
beijinhos

Aileen disse...

Em minha casa temos uma a que sempre conheci como 'patusca'. A verdade é que a minha mãe faz comida e bolos maravilhosos com ela :) há alturas em que as duas resistências não podem estar ligadas ao mesmo tempo senão esturrica e so se liga a resistência de baixo, ou de cima. É uma questão de saber funcionar com ela; já a minha mãe ao contrário de ti não sabe lidar muito bem com fornos :P cada um entende-se com as suas 'máquinas' :) beijinhos

Cláudia disse...

Eu bolos e assim refeições inteiras não faço...
Mas para aquecer pequenas coisas, fazer pasteis e afins dá mesmo muito jeito! =)

Blog da Joana (Ser mãe de saltos altos) disse...

Gostei deste post :) beoijinhos