quinta-feira, 19 de julho de 2012

Sonhei...

Sugeres que sou agressiva,
chamas-me de provocadora,
realças o meu mau feitio,
apelidas-me de teimosa,
insinuas que sou egoísta,
 invocas o silêncio quando só quero conversar.

Com os teus nomes e adjectivos:
sonhei...que era uma fera.

Leoa,  de aspecto feroz.
Contudo, tu não reparaste!
Mansa, obediente, desejosa de agradar.
Tudo o que busco é, tão somente,...
...o teu carinho...o teu beijo.
Sonhei-o!

13 comentários:

Valsita disse...

que sonho bom :)

aNaMartins disse...

revelas-te nos teus sonhos.. :) e aparecias podem eludir afinal és doce, meigo :) Um beijinho bom e um óptimo dia

mfc disse...

A ternura de quem sabe sorrir.

Beijinhos.

Margarida disse...

Mania dos homens de andar sempre a mandar bitaques sobre as mulheres quando o que elas querem é tão pouco...

P.s. gosto do novo visual do blog ;)

Mona Lisa disse...

Por vezes os sonhos tornam-se realidade!

Belíssimo poema.

Beijos.

BB disse...

lindoo !! :)

C. disse...

tu és um doce, tenho dito :)

edumanes disse...

A gritar, andei à tardinha
Já muito havia percorrido
quando dei por isso, à noitinha
sem saber, andava perdido,
Pus-me a pensar o que deveria fazer
resolvi ficar numa gruta escondido,
toda a noite a trovejar e a chover
e dos trovoes o zumbido.
Quando nasceu o novo dia
vi o sol no céu a brilhar
na terra mais não caia
porque a chuva fez parar!

Adorei, mas, esse grito me assustou?
Boa quinta-feira,
um beijo
Eduardo.

manuela barroso disse...

Nem tudo o que parece é!
Um lindo momento poético!
Beijinhos

Cláudia disse...

Amei, amei, amei!

Parece uma caracterização minha a 1ª parte =) lol

Beijocas

Vera, a Loira disse...

Que sonho tão bom.

Margarida Alegria disse...

lindo!
É um dos dramas do Amor não é? Viver na corda bamba das incertezas, da insegurança da reciprocidade. Que no fundo poderia ser tão simples, tão natural como o respirar.
Beijos

Rafaela disse...

fantastico!