terça-feira, 17 de julho de 2012

Exigência

Ainda não olhámos o mundo e já somos portadores de desejos alheios. Começamos muito cedo, demasiado cedo, a tentar preencher requisitos de condições impostas, mais ou menos amorosamente.
Os nossos atributos nem sempre (quase nunca) são sufucientes para suprir os pedidos que nos vão chegando.
A pior exigência é a auto infligida.
No meio em que vivemos, as referências vão variando bem como as bítolas.
Desta forma, acabamos vitímas dessas solicitações que ao serem interiorizadas passam a fazer parte do 'eu'.
A perfeição nada tem de mal, afinal, é inalcançável.
Contudo, o pior é quando esse apuro se transforma em meta que se pretende ver materializada.
Em nós e por nós (próprios).
Insatisfeitos, prosseguimos esse ideal, com esmero, que se pretende resultar num primor.
Um trabalho de autocorreção, sempre inacabado, sem a pureza almejada.
Neste trilho, a perca de felicidade, de amor próprio, de excelência presente na diferença, é uma constante.
E, eu, lamento-a.

Veio o Edumanes e, rimando, acrescentou:

Por causa das concorrências
Causadoras das desigualdades
Enganam as aparências
E se perdem as liberdades!

Exigir e não cumprir
Da desajustada bitola
Levar a vida a sorrir
E não sofrer da tola!

Sem pureza almejada
Anda por aí muita gente
De boazinha disfarçada
Opaca e não transparente!

Boa terça-feira para você
Pérola adorada
Muito linda sempre se vê
Logo pela madrugada!

Escreve um poema para mim
Para no rima blog, postar
És uma flor daquele jardim
Não o deves abandonar!

18 comentários:

Sentada na ponta da lua disse...

Concordo perfeitamente! A exigência está lá sempre e demasiadas vezes nos deixamos aniquilar por esta. Imposição da sociedade? Talvez. Mas não devemos na nossa caminhada deixar que a nossa identidade/ individualidade ou o dito EU se perca.
bj

Pretty in Pink disse...

Pois é lamentas tu e eu querida Pérola...
Gostei muito da tua apreciação em relação à minha vestimenta para trabalhar...Amanhã prometo que trago mais pormenores do sitio onde trabalho para que possas ficar mais esclarecida ;)

Beijinho*

Vic disse...

Concordo contigo, mas não entendo o porquê desse moldar aos desejos alheios. Penso que se pode sempre melhorar alguma coisa, mas sem perder a nossa própria individualidade. Cada um deve-se sentir bem consigo próprio e não com os alvitres alheios. Não há ideais de beleza absolutos, porque cada um de nós tem um diferente. E fazer disso a principal batalha da vida é um completo disparate.
Como sabes, brinco muito com isso porque penso que é assim que essas coisas devem ser levadas. Com leveza de espírito. :)

C. disse...

As vezes o pior de tudo é quando não conseguimos corresponder às expectativas.

C. disse...

E sim querida, a tarte desapareceu, os meus pais comeram-na num instante , eu depois posto a receita :D

Arco Iris disse...

Estou completamente de acordo.
Quase que temos que seguir o padrão que nos é exigido pela Sociedade e por vezes esquecemo-nos do nosso interior que é bem mais importante.
Bjs

Cláudia disse...

Concordo completamente contigo!

E cada vez mais se dá a ideia (hiper errada) que temos que ser todos carneirinhos e seguir as tendências..

Eu então gosto de marcar pela diferença mesmo.....

Beijocas

Vera, a Loira disse...

E eu, também a lamento, não podia concordar mais contigo.

Parole disse...

E tudo começa bem cedo, no aconchego do lar, com papai e mamãe, mais ou menos amorosamente ... e o resultado é essa gente frustrada e furiosa que encontramos por aí...


Excelente, Pérola.

Beijinhos.

BB disse...

gostei imenso do post :)

SIMONE PRADO disse...

Vim aqui parar, no Rima blog o seu vim encontrar, gostei muito de sua participação, também fiz parte do Rima sua criação. Ao meu amigo Edu que sempre nos encanta é bom ter você no som de quem canta.Venha também me visitar, será um prazer.

Aitana disse...

I´m agree with you!!!^^

xoxo

edumanes disse...

Alegria sem truques nem dom
Para a rima se encontrar
Felicidade e alegria tão bom
Com inspiração se escreve a rimar!

Experimenta escrever assim
Eu procurava uma flor
A encontrei florida no jardim
Junto dela estava o meu amor!

E assim continua
De noite a passear
Iluminada pela lua
A noite escura não estar!

Boa noite de quarta-feira para você,
obrigado pela sua visita.
Um beijo
Eduardo.

edumanes disse...

Minha querida Pérola, até te fiz sorrir nisto de rima
Destas brincadeiras, de qualquer das formas vais fazer
Tentar mais parece-te o treino pode te ajudar, ou melhor gargalhar
Não és fruto comestível, és mesmo banana, mas não de comer
Mas maçarica básica incompetente, sem truques na rima se inspirar!

Sem truque é só as sílabas colocar!

Um beijo
Eduardo.

Evanir disse...

Hoje minha postagem falo um pouco de mim
postei uma entrevista feita por uma amiga de todos nós blogueiros.
Creio que falei um pouco de tudo sobre mim.
Espero sua presença para comentar essa postagem.
Deixei um pedacinho de mim na postagem
quero compartilhar minha vida com as pessoas que faz parte
da minha vida.
Para mim amizade virtual não existe
a pessoa é aquilo que é na vida real ou virtual.
Os nossos valores jamais conguiremos esconder
nem alguns defeitos que todos nos temos.
Beijos no coração com carinho,Evanir.

manuela barroso disse...

Nascida de fora, crescida por dentro, aumentada com o tempo.
Uma bola de neve, que de branco só tem o ideal que perseguimos. E nos vamos com ele. Para quê?
Fantástico, Pérola!
Beijinhos

mfc disse...

Por regra somos os piores inimigos de nós próprios, pois exigimos demais de nós.
Beijos,

Margarida Alegria disse...

Concordo completamente!
E acho que stou baralhada quanto aos posts que comento... agora o link para comentar é em cima e não em baixo... por isso alguns a que respondi já a í devem estar todos fora de lugar!