quinta-feira, 15 de março de 2012

Apagar, posso?


" Viver é desenhar sem borracha"
Marguerite Yourcenar

Então, e se, apesar dos meus erros, das minhas escolhas, eu quiser apagar, posso?
Não me parece, há todo um assumir de responsabilidades, de carregar da 'cruz' a que não posso esquivar-me. É continuar a desenhar e esperar que não borre.
Mas, que o presente que gostaria mais de receber seria uma borrachinha, lá isso seria.

22 comentários:

Minharealidade disse...

Partilho do mesmo sentimento, por vezes (muitas vezes) dava jeito uma borrachinha para apagar certas coisas do passado.

Pérola disse...

Seria um objeto precioso, sem dúvida! Mas, será que seriamos dignos de tal?

Vera, a Loira disse...

Também precisava de uma.

Patrícia Teodoro disse...

Não acho que seria a borracha que ajudaria porque assim não aprendíamos e não crescíamos enquanto pessoas. Mas olha para te ajudar segue uma dose de energias positivas para tudo se resolva depressa

Pérola disse...

Temos de ver se existe para venda.

Pérola disse...

Tens razão, se pudessemos apagar os nossos erros, como aprenderiamos?

The dAy After TomOrrow disse...

Humm por mais jeitinho que desse a tal borracha, a vida não faria sentido se apagássemos alguns episódios.

cycle disse...

Não consigo visualizar o teu e-mail. Fica aqui o meu: acycle.cycle@gmail.com, para o caso... :)

Valsita disse...

Quando andava aa estudar adorava os meus cadernos riscados... tentativa, erro, voltar a tentar, aprender.
A borracha fazia falta, e vamos sempre a tempo de apagar... mas com os erros tb se aprende...
Beijinhos

Pérola disse...

Depois de iniciar o percurso, não há retorno, será?

Pérola disse...

Está no meu perfil,o contacto. Obrigado pela atenção.

Pérola disse...

Podemos riscar e até apagar, mas fica lá sempre a marca, não é?
Tens razão, é sempre bom aprender, mesmo com erros.

Opinante disse...

Há muitos momentos em que poderíamos pensar assim: Se pudesse fazer "delete"... Mas afinal de contas o que seríamos nós hoje sem o conjunto de todos os momentos ja vividos? Os bons e os maus faz-nos crescer e com eles ser uma melhor pessoa!

The dAy After TomOrrow disse...

Nunca seria a mesma coisa. Eu acho que não devemos (por mais que nos apetece) riscar ou apagar o que quer que seja que tenhamos vivido.

Pérola disse...

Percebo, se algo fosse apagado, não estariamos onde estamos, nem seriamos com somos.

Pérola disse...

Melhor pessoa, para a maioria. Para alguns, talvez se conseguissem apagar alguns capítulos das suas vidas, poderiam ser melhores. As circunstâncias condicionam-nos e nem sempre pela positiva, quer-me parecer.

Margarida disse...

Eu queria um marcador fluorescente, para sublinhar os momentos perfeitos porque, esses sim, deveriam ser mais importantes!! :(

mfc disse...

Pois... fazia cá um jeitaço!

Pérola disse...

Que bela ideia, em vez de apagar, sublinhar, com muita cor, os momentos bons da vida. Nunca me esquecerei. Muito obrigado pela perspectiva nova sobre a 'coisa'.

Pérola disse...

E que jeitaço, meu amigo, que jeitaço!

tétisq disse...

Se te oferecerem uma dessas, pergunta se arranjam uma para mim...*

Pérola disse...

Vou comprar o stock todo e depois ofereço aos amigos, tu incluida, claro!