terça-feira, 20 de março de 2012

Vida de Génio !




Entre todos os biliões de pessoas que já passaram por este planeta azul, sómente algumas deixaram o seu nome escrito na história da humanidade. São de quadrantes, classes sociais, séculos, eras,  bastante diversificadas. Contudo, têm o denominador comum de serem génios e por isso os seus nomes estão gravados, com tinta indeléval, na nossa história.
Analisando em particular certas percursos de vida destes marcos, verificamos que as suas vidas, raramente, foram (ou são) o que se poderia apelidar de 'normais'. Estou-me a lembrar das vidas inquietadas de Florbela Espanca, da surdez de Beethoven, da vida guiada por impulsos de Camilo Castelo Branco, já para não falar de tantos pintores, morrendo na completa miséria, 'viram' os seus quadros e as suas obras a atingir valores para lá do alcande do comum mortal.
Vivendo eu, uma vidinha dita 'normal', vejo-me a ser esquecida em poucos anos. Alguns dos meus genes poderão perdurar, por força da minha descendência, porém quem se lembrará da Pérola daqui a 100 anos? Ninguém, certamente. No entanto, que haveria para recordar ou ficar assinalado? Nada!
A vida de génio pode ser testada aos limites, de sofrimento feita, que os vindouros irão lembrar, estudar e, na certa, aprender. Não é para todos, ou para quem quer; exclusiva pertença de certas pessoas abençoadas com 'o dom' que pode revestir várias roupagens.
Isto tudo porque me lembrei que o sofrimento, pode estar na origem dos génios, e frutifica, na certa, se for aproveitado em 'algo' que transcende o próprio sujeito.
Haverá génios que tiveram vidas pacificas, com as rotinas da sua época, de bem consigo próprios e os outros? Ou, por outro lado, a matéria prima da sua vida é a tormenta?

5 comentários:

Blackye disse...

Por acaso já tinha pensado nisso... Nós somos génios de acordo com aquilo que fazemos e que possa perdurar na história. Mas essas pessoas foram marcantes e serão, para sempre, imortais, tendo contribuído para uma mudança no mundo ou não.

mfc disse...

Só aspiro à felicidade... talvez por não ser génio!!
Sabe-se lá!!

Pérola disse...

Os génios, são-no porque deixaram marca na história, positiva ou negativa.
Quanto à grande 'massa' do mundo, podemos pautar-nos pela diferença, agora ser génios, só a história o dirá, ou talvez não.

Pérola disse...

Pparecem imcompativeis, não é?

Lindalva disse...

Olá Perola. Sou a Lindalva da Ilha e moderadora do Ostra da Poesia. Vim firmar que o teu voto no 6º Pena de Ouro foi computado com sucesso.