sexta-feira, 23 de março de 2012

Miragem...

Gosto da palavra: Miragem.
Algo que se vê, se sente, se sonha.
No entanto, intocável.
Basta estendermos a mão e o vazio é tocado.
Dentro de nós é o que basta para nos alimentar, para nos manter vivos.
De tão real, sofremos as dores e a felicidade inerentes.
Para mim, basta, a miragem preenche-me.
O real faz parte doutras miragens que o meu ser rejeita.






8 comentários:

Valsita disse...

:)

Opinante disse...

Vai já buscar o selinho!!!

Só não ofereci porque normalmente sou sempre a última nestas coisas e não quero maçar! :)

Pérola disse...

Olá, Minha amiga!

Pérola disse...

Obrigado pela generosidade.

Valsita disse...

Ola.. :) gostei muito do teu post... as tuas miragem deixaram-me com um sorriso, que qus partilhar ctg.
BOM DIA!

Pérola disse...

Que seriamos nós só com a realidade? Imagino-me no deserto, sómente areia, pó e um calor abrasador. Caminhemos em direção das miragens...

mfc disse...

A maior parte do real... desassossega-nos!

Pérola disse...

E, as miragens, não?