quinta-feira, 8 de março de 2012

! Celebremos a primavera !

 



Na calçada colhi uma linda papoila, como a da imagem. Encontrava-se tão sózinha, coitada. Deu-me dó! No meio do empedrado, sem verde a emoldurá-la, ali estava ela. Não resisti e trouxe-a comigo. Agora, faz-me companhia, numa jarra improvisada. Roubei-a, é certo, à mãe natureza, só espero que ela me perdoe pois só estou a festejar a primavera que já nos rodeia por todos os lados.

Vivo cercada pelo cantar de inúmeros pássaros e passarinhos que me previlegiam com a sua azáfama o ano inteiro. Assisto ao seu madrugador amanhecer, aos seus voos de corte, à sua busca incessante de alimento para as crias, e ao seu ruidoso voltar ao ninho, ao entardecer. De igual forma sou espectadora atenta dos voos temerosos dos morcegos, dos piares arrepiantes das corujas e já fui visitada muitas vezes pelos mochos. Nada se iguala ao planar da cegonha e à curiosidade das garças. Sou uma sortuda por poder partilhar da vida de tantas inúmeras avezinhas. Mas, o que me trouxe aqui hoje foi a descoberta das andorinhas já terem regressaram, pelo menos as que têm ninhos perto de mim. Dei por mim parada, a olhar para tão belas criaturas, de preto e branco vestidas. Quando voam parecem um ponto negro, porém paradas têm uma beleza sem igual. Adorei que as minhas vizinhas andorinhas tivessem voltado das suas férias. Mais um motivo para olhar para o céu.

Motivos não me faltam para celebrar a primavera.

(Só não gosto que tivessem tirado a maiúscula da minha querida Primavera)

14 comentários:

nini disse...

Para mim tamanha beldade da natureza será sempre escrita com letra maiúscula... Adorei o texto :)

Margarida disse...

(minha)Pérola, adorei o teu comentário e pronto, admito que até foi engraçado responder ao desafio embora o meu blog seja um bocado... alternativo vá! :) Já tive outros blogs, já conheço como funcionam essas "brincadeiras" todas, apenas não é bem o estilo do (agora) Irreversível. Mas talvez vá aceitando esses desafios... :) Quanto a ti, gostei de me cruzar contigo aqui neste latifúndio da blogosfera. Espero que fiques por muito tempo. Beijinhos minha amiga!

Mona Lisa disse...

Primavera...tempo de renovar!

Adoro papoilas. Vejo-as sempre como símbolo do sonho, da liberdade.

Beijos.

Valsita disse...

Minha querida perola. Obrigada pelos teus comentários, sempre tão simpaticos. é um prazer receber a tua visita, mas mais do que isso é uma honra.
Como sabes, sou fâ deste teu cantinho e adoro ler-te todos os dias :)

Um beijinho

Ah, já agora... Viva a Primavera!!! sim com maiuscula e tudo, porque a Primavera merece :)

lis disse...

Ah Primavera cheirando a flores! aqui vamos chegando no Outono, também uma estação leve , com manhãs de sol e brisa suaves.
Saudemos a Primavera e o Outono, dois hemisférios que se encontram por aqui ,todo dia.
Parabéns pelo texto.
abraços

tétisq disse...

Pois então que seja bem-vinda, com as suas andorinhas e flores, apesar das alergias!*

mfc disse...

Celebremos tudo que é bonito!!
E este texto é lindíssimo!!

PS - Nem de propósito hoje o texto no Pé é sobre... futebol!!
Beijinhos.

Pérola disse...

Foi um prazer,mas tanto fica para dizer. Este meu coração não me dá folga.
bjs.

Pérola disse...

Palavras que encerram tanta generosidade. Ao contrário de ti, sou uma aprendiz nestes latifúndio, mas estou a goostar e a aprender como isto funciona. Até agora tem sido ótimo. Uma das coisas boas foi 'conhecer-te'.

Pérola disse...

Estamos sempre a tempo de mudar algo em nós, de irmos mais além. De tamanha simplicidade, as papoilas são muito simbólicas, concordo contigo.

Pérola disse...

Deixas-me sem jeito. O prazer e a honra são meus. O teu carinho é enternecedor. Também visito os teus domínios com regularidade

Pérola disse...

Lis, que amáveis palavras, não sei como retribuir.
Quanto ao Outono, pese embora o seu encanto próprio, não me seduz tanto como a primavera.

Pérola disse...

Felizmente, não sei o que são alergias sazonais. Apesar delas, recebamos a primavera e tudo o que lhe diz respeito

Pérola disse...

Que palavras encorajadoras. Temo não ser merecedora. Irei espreitar o que te apraz dizer sobre o futebol.
Bjs